REVISTA
 

 
 
Serviço Policial e Direito da Saúde
Caetano Lopes de Barros Poiares, Nuno , *, Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Beja
Resumo
no presente artigo o autor propõe uma análise às atribuições da Polícia, enquanto parceiro privilegiado no quadro da saúde mental no ordenamento jurídico português, maxime no universo do internamento compulsivo, realidade particularmente sensível que afeta milhões de pessoas no mundo; e cujos procedimentos operacionais deverão ser do domínio dos profissionais de enfermagem, atores essenciais nesta área de intervenção.
Palavras-Chave
serviço policial, direito da saúde mental, anomalia psíquica grave, internamento compulsivo, internamento de urgência.
Abstract
in this article the author proposes an analysis of the mission of Police as a privileged partner in the mental health framework in the Portuguese legal system, especially in the compulsory hospitalization universe, a particularly sensitive reality that affects millions of people in the world; and whose operational procedures should be the domain of nursing professionals, essential actors in this area of intervention.
KeyWords
police service, mental health law, severe psychic anomaly, compulsive hospitalization, urgent hospitalization.