REVISTA
 

 
 
Planear o parto normal: necessidades e expectativas das grávidas
Cavalcante Gomes Ferreira, Cristiane, --, Universidade Federal de Mato Grosso
Marien Knupp Medeiros, Renata , Faculdade de Enfermagem, Universidade Federal de Mato Grosso
de Arruda e Silva Dalprá, Luanna, --, Universidade Federal de Mato Grosso
Christina de Paula Corrêa, Áurea , Faculdade de Enfermagem, Universidade Federal de Mato Grosso
Resumo
Resumo: A humanização da assistência ao parto propõe que o profissional de saúde reconheça a mulher como
sujeito singular e ativo no processo de nascimento. Para tanto, é preciso permitir a grávida o direito de expressar seus desejos
e anseios relacionados ao parto, de forma que o profissional esteja atento a escutar, conhecer suas percepções e identificar
suas necessidades e expectativas, fatores estes importantes para a promoção de um cuidado de qualidade. Neste sentido,
este estudo teve como objetivo conhecer as necessidades e expectativas de grávidas que desejam um parto normal. Trata-se
de um estudo qualitativo, de caráter descritivo, realizado nas Unidades de Saúde da Família Doutor Fábio I e II, localizadas no
município de Cuiabá, Mato Grosso. Participaram da pesquisa 13 mulheres que atenderam aos seguintes critérios: ser gestante
e estar no terceiro trimestre da gestação; desejar o parto normal; estar cadastrada nas Unidades de Saúde da Família
cenários do estudo e aceitar participar da pesquisa assinando o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. A colheita de
dados foi realizada no período de março a abril de 2017 e a técnica utilizada foi a entrevista semiestruturada. Os dados foram
analisados por meio da técnica de análise de conteúdo temática a partir da qual emergiram quatro categorias: “O desejo
de ser bem tratada e acolhida pela equipe”; “O anseio por um parto rápido, sem dor e intercorrências”; “A expectativa pelo
filho saudável” e “A necessidade de ter um acompanhante”. Este estudo evidenciou que as expectativas e necessidades de
algumas mulheres estão fortemente relacionadas às experiências anteriores de parto e com os sentimentos experimentados
durante a gravidez atual. A maioria das mulheres apresentou ambivalência de sentimentos em relação ao parto, contudo,
apesar do medo da dor, angústia e ansiedade estarem frequentemente presentes, as participantes mostraram-se seguras
da decisão pelo parto normal e de seus benefícios. As expectativas e necessidades apontadas pelas grávidas estão alinhadas
com práticas e condutas estimuladas pelo Ministério da Saúde em favor da humanização do parto. Destaca-se a importância
da preparação para a vivência do parto normal, com escuta ativa e informações de qualidade que possibilitem a redução do
medo e esclarecimentos de direitos.
Palavras-Chave
Parto normal; Parto humanizado; Humanização da assistência.
Abstract
Abstract: The humanization of childbirth care proposes that the health professional recognize
the woman as a singular and active subject in the process of parturition. Therefore, it is necessary to allow
the pregnant woman the right to express her desires related to childbirth, so that the professional is attentive
to listen, to know their perceptions and to identify their needs and expectations, important factors for the
promotion of quality care. In this sense, this study had as objective to know the needs and expectations of
pregnant women who desire a normal birth. This is a descriptive, qualitative study conducted at a Family
Health Unit, located in the city of Cuiabá, Mato Grosso. The study included 13 women who met the following
criteria: being in the third trimester of gestation; wish normal birth; be enrolled in the Family Health Unit
study scenario and accept to participate in the study signing the Informed Consent Term. Data collection
was carried out from March to April 2017 and the technique used was the semi-structured interview. The
data were analyzed through the thematic content analysis technique from which four categories emerged:
“The desire to be well treated and welcomed by the team”; “The longing for a fast delivery, without pain and
intercurrences”; “The Expectation for a Healthy Child” and “The Need for a Companion”. This study showed
that the expectations and needs of some women are strongly related to the previous experiences of childbirth
and to the feelings experienced during the current gestation. Most women presented ambivalence about their
feelings about childbirth, however, although fear of pain, anxiety and anxiety were often present, participants
were confident in the decision of normal childbirth and its benefits. The expectations and needs pointed out by
the pregnant women are in line with practices and behaviors stimulated by the Ministry of Health in favor of
the humanization of childbirth. The importance of the preparation for the normal birth experience, with active
listening and quality information that allow the reduction of the fear and clarifications of rights is emphasized.
KeyWords
Obstetric Delivery; Natural Childbirth; Delivery.