Vol. 19 N.º 2 (2015): Revista Científica Pensar Enfermagem
Artigos originais

Impacto do nascimento de um filho com Trissomia 21: perspetiva de casais idosos portugueses

Maria Natália Macedo Rodrigues
Enfermeira, RN
Alcione Leite da Silva
Professora, Universidade de Aveiro, PhD, MSc, RN

Publicado 30-12-2015

Palavras-chave

  • trissomia 21,
  • comunicação do diagnóstico,
  • reação ao diagnóstico,
  • pesquisa qualitativa

Como Citar

Macedo Rodrigues, M. N., & Leite da Silva, A. (2015). Impacto do nascimento de um filho com Trissomia 21: perspetiva de casais idosos portugueses. Pensar Enfermagem - Revista Científica | Journal of Nursing, 19(2), 54–67. Obtido de https://pensarenfermagem.esel.pt/index.php/esel/article/view/108

Resumo

Este estudo teve como objetivo explorar as experiências anteriores de casais idosos portugueses em receber o diagnóstico de seus filhos com Trissomia 21. Foi desenvolvido através do método da história oral, com a participação de catorze casais. Os dados foram obtidos através de entrevista semiestruturada e analisados com base na análise de conteúdo. Os resultados revelaram que a comunicação do diagnóstico foi uma experiência complexa e difícil de ser vivida pelos casais, acompanhada de informações insuficientes sobre a síndrome, o cuidado do filho e a rede de apoio. As reações dos pais, famílias e amigos ao diagnóstico foi, inicialmente, de choque, mas acabaram por aceitar e apoiar as crianças, sem as discriminarem.

Downloads

Não há dados estatísticos.