Vol. 22 N.º 1 (2018): Revista Científica Pensar Enfermagem
Artigos de revisão

Tornar-se mãe de um segundo filho: uma revisão scoping

Joana Rita Guarda da Venda Rodrigues
Enfermeira – Assistente convidada ESEL, Mestrado em Enfermagem com Especialização em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediátrica, Doutoranda em enfermagem da UL/ESEL
Maria Antónia Miranda Rebelo Botelho Alfaro Velez
Professora coordenadora, Doutoramento em Filosofia – Especialidade: Filosofia Contemporânea, Escola Superior de Enfermagem de Lisboa

Publicado 28-11-2018

Palavras-chave

  • parentalidade,
  • revisão,
  • mães,
  • segundo filho

Como Citar

Guarda da Venda Rodrigues, J. R., & Miranda Rebelo Botelho Alfaro Velez, M. A. (2018). Tornar-se mãe de um segundo filho: uma revisão scoping. Pensar Enfermagem - Revista Científica | Journal of Nursing, 22(1), 5–17. Obtido de https://pensarenfermagem.esel.pt/index.php/esel/article/view/141

Resumo

Enquadramento: tornar-se mãe de um segundo filho representa um período singular e de transformação, que exige da mulher uma transição para novos papéis, com implicações na saúde e qualidade de vida. Contudo, a evidência que retrata esta transição releva-se dispersa na literatura. Objetivos: identificar e mapear a evidência científica disponível sobre a transição da mulher ao tornar-se mãe de um segundo filho. Método de revisão: foi efetuada uma revisão scoping que seguiu a metodologia preconizada pelo Joanna Briggs Institute. Resultados: foram identificados 9 estudos publicados entre 1997 e 2013, em que os seus participantes e o momento de colheita de dados diferiram; nenhum foi realizado em Portugal. Num dos estudos, a transição é caracterizada, pelas mulheres participantes, pela procura de um novo equilíbrio e, nos restantes, emergem questões de género e conjugalidade. Conclusão: os nove estudos incluídos foram publicados ao longo de dezasseis anos, apresentando alguns elementos caracterizadores desta transição. Mais estudos devem ser realizados para compreender aprofundadamente a perspetiva das mulheres quando se tornam mães pela segunda vez. 

Downloads

Não há dados estatísticos.