Vol. 24 N.º 1 (2020): Revista Científica Pensar Enfermagem
Artigos originais

Fatores de motivação dos enfermeiros em Cuidados de Saúde Primários

Claudina Isabel Salgado Martins
Enfermeira especialista em Enfermagem Comunitária, Mestre em Enfermagem, na área de especialização de Saúde Comunitária e mestranda em Gestão em Enfermagem, Agrupamento de Centros de Saúde de Lisboa Central, Lisboa, Portugal
Teresa Maria Ferreira dos Santos Potra
Professora Coordenadora na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Doutora em Enfermagem, Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Enfermagem, Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal.
Pedro Bernardes Lucas
Professor Adjunto na Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Doutor em Psicologia, na área de especialização de Psicologia Clínica e da Saúde, Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Enfermagem, Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Portugal.

Publicado 29-09-2020

Palavras-chave

  • Motivação,
  • Enfermagem,
  • Cuidados de Saúde Primários,
  • Gestão

Como Citar

Salgado Martins, C. I., Ferreira dos Santos Potra, T. M., & Bernardes Lucas, P. (2020). Fatores de motivação dos enfermeiros em Cuidados de Saúde Primários. Pensar Enfermagem - Revista Científica | Journal of Nursing, 24(1), 27–38. Obtido de https://pensarenfermagem.esel.pt/index.php/esel/article/view/167

Resumo

Introdução: A motivação dos enfermeiros é fundamental para uma maior produtividade, eficiência e qualidade dos cuidados prestados e por isso é tão importante para a gestão em enfermagem. Objetivos: Compreender os fatores motivacionais dos enfermeiros de um Agrupamento de Centros de Saúde da região de Lisboa. Metodologia: Estudo de caso de natureza qualitativa, exploratório-descritivo. A recolha de dados teve por base a entrevista semiestruturada, realizada a nove enfermeiros de um Agrupamento de Centros de Saúde da região de Lisboa. Para garantir uma maior variedade e riqueza dos dados, foram selecionados enfermeiros de diferentes tipologias de unidades funcionais. O número de participantes foi determinado seguido o critério de saturação das respostas. As entrevistas gravadas foram transcritas na íntegra, e analisadas através da análise de conteúdo. Resultados: Os resultados do estudo indicam que os principais fatores de motivação dos enfermeiros são: as recompensas, o desenvolvimento da carreira de enfermagem, o reconhecimento, o local de trabalho/ambiente da prática, o financiamento baseado no desempenho, a liderança e a realização profissional. O fator desenvolvimento de carreira foi o de maior importância. O financiamento baseado no desempenho foi o fator a que a maioria dos participantes atribuiu menor importância enquanto fator de motivação. Conclusão: Os fatores motivacionais dos participantes, vão ao encontro do que é descrito na literatura para outros contextos. Verificou-se que o significado e a importância atribuída aos diferentes fatores é variável de participante
para participante, o que realça a individualidade de cada um, motivado por necessidades próprias. Mais estudos sobre a motivação dos enfermeiros devem ser realizados, nomeadamente em Cuidados de Saúde Primários (CSP), onde se verifica escassez de evidência científica.

Downloads

Não há dados estatísticos.