Vol. 14 N.º 1 (2010): Revista Científica Pensar Enfermagem
Artigos de revisão

Construir laços de confiança e promover o conforto

Célia Simão de Oliveira
Escola Superior de Enfermagem de Lisboa
Manuel José Lopes
Escola Superior de Enfermagem de Évora

Publicado 04-07-2010

Palavras-chave

  • confiança,
  • confortar,
  • enfermagem,
  • relação enfermeiro-cliente

Como Citar

Simão de Oliveira, C. ., & Lopes, M. J. . (2010). Construir laços de confiança e promover o conforto. Pensar Enfermagem - Revista Científica | Journal of Nursing, 14(1), 67–74. Obtido de https://pensarenfermagem.esel.pt/index.php/esel/article/view/39

Resumo

Apresenta-se uma revisão dos conceitos confiança e confiar, e uma reflexão sobre o papel destes no trabalho de confortar do enfermeiro, face ao cliente adulto ou idoso hospitalizado.

A literatura de enfermagem afirma a confiança como um pré requisito para confortar e para a experiência de conforto pelo cliente. Para além de sustentar esta afirmação, questiona-se se esta é a única associação possível entre estes conceitos: Será a experiência de confiar, em si mesma, confortadora? Será o confortar um meio para construir uma relação de confiança entre enfermeiro e cliente?

Construiu-se uma reflexão que procurou cruzar dimensões da teoria e da prática de cuidar sobre estes conceitos. Sustentam-se três asserções: a confiança é necessária ao confortar e à experiência de conforto; o cuidado de conforto poderá alimentar a construção de laços de confiança; e poder confiar no enfermeiro que consistentemente procura confortar, poderá ser, em si mesmo, confortador. 

Downloads

Não há dados estatísticos.