Orientações Artigos Teóricos

 

Estrutura e recomendações de artigo Teórico

Não inclua nenhuma informação de identificação do/s autor/es no manuscrito. Não inclua agradecimentos até que o artigo seja aceite.

- Título

Em Português e Inglês

Deve constituir-se numa descrição concisa da natureza e tópico do estudo, podendo identificar se é um artigo teórico de reflexão, metodológico, relato de experiência ou recensões críticas de obras.

- Resumo 

Sumariza os elementos-chave do estudo, seguindo o seguinte formato:

Estruturado: Introdução, Objetivo, Métodos (se aplicável), Desenvolvimento, Conclusão. Com o limite máximo de 300 palavras.

O resumo deve fornecer o contexto ou base para o estudo e deve declarar o objetivo, procedimentos metodológicos (se aplicável), desenvolvimento e principais conclusões. Não deve incluir referências bibliográficas.

- Palavras-chave 

Com um mínimo de 4 e máximo de 6, maioritariamente validados nos browsers de termos de indexação Mesh e DeCs.

- Introdução

Deve fornecer claramente um contexto ou base para o estudo (ou seja, a natureza do problema e sua relevância). O tema deve ser relevante e atual. Ofereça uma perspetiva crítica na apresentação da problemática, que permita novos elementos de discussão teórica. É importante evidenciar a relação que se estabelece com trabalhos anteriores sobre a mesma temática, mobilizando referências bibliográficas pertinentes e atuais. 

Usar preferencialmente fontes primárias e dos últimos 5 anos. Devem ser citadas unicamente referências fundamentais e não devem ser incluídos dados ou conclusões do trabalho relatado.

Deve incluir de forma narrativa o objetivo do desenvolvimento do artigo, justificando a natureza do trabalho e sua problematização.

 - Método (se aplicável)

Esta secção deve ser clara, mostrando o como e a razão das opções metodológicas seguidas. Descreve os fatores contextuais evidentes no estudo. Identifique quaisquer questões éticas específicas associadas a esta temática.

 - Desenvolvimento

Deve apresentar e desenvolver o quadro concetual ou teórico que norteou o estudo. Identificar e definir os principais conceitos, clarificando a relação entre eles. Deve ser mobilizada literatura teórica fundamental e empírica relevante (preferencialmente fontes primárias e dos últimos 5 anos).

Argumente e interprete sobre o estado da arte em que se encontra determinado assunto, focando o conceito ou constructo teórico. A direção das principais linhas de argumentação deve ser coerente e sustentada num raciocínio lógico claramente definido. A formulação discursiva deve ser aprofundada, com fundamentação teórica e/ou filosófica do tema específico, envolvendo reflexão crítica e questionamento aos modos de pensar e atuar existentes, através de analogias e da análise de diferentes pontos de vista, teóricos e/ou práticos face ao pensamento debatido. 

Identifique as questões éticas e legais presentes na problemática em discussão, se aplicável. 

As fontes de opinião devem estar claramente identificadas e possuírem legitimidade na área de especialização com vista à manutenção da validade, confiabilidade e rigor do artigo.

Devem ser enfatizados os aspetos novos e importantes do artigo e analisados em relação a pesquisas anteriores (se aplicável).

Use subtítulos conforme apropriado.

As tabelas/figuras (máximo 6) devem ser referenciadas no texto. 

- Conclusão 

Associe as conclusões aos objetivos do estudo, sintetizando os pontos principais da argumentação e estabeleça recomendações para a prática/pesquisa/educação/gestão, conforme apropriado, e consistente com as limitações. 

Declare as limitações do seu estudo.

Submissão: O artigo deve ser submetido juntamente com a lista de verificação para as propostas de artigos de natureza teórica, disponível na consulta do ficheiro Lista de Verificação de Artigo Teórico.